Tacógrafos


PRÓXIMA EDICÃO definir

Inscrição

CURSO DESENVOLVIDO EXCLUSIVAMENTE EM CONTEXTO EMPRESA.

PARA SOLICITAR ORÇAMENTO, POR FAVOR CONTÁCTE-NOS.

Inscrever-me

Descrição

O tacógrafo é um equipamento instalado em veículos de transporte rodoviário a fim de indicar, registar e memorizar, dados relativos à condução e aos tempos de trabalho e de repouso dos condutores.
O curso de Tacógrafos pretende dotar os formandos das competências necessárias para o manuseamento de tacógrafos, analógicos e digitais, bem como o conhecimento da legislação aplicável, relativa a tempos de condução e repouso, associada à necessidade de adoção de práticas de condução seguras e respeitadoras do ambiente.

formação dirigida a

Colaboradores da empresa com responsabilidades na operação de veículos pesados de mercadorias que pretendam garantir uma boa utilização do tacógrafo e efetuar todo tipo de transporte, considerando as normas legais em vigor relativas aos tempos de condução e repouso.

Condições

CURSO DESENVOLVIDO EXCLUSIVAMENTE EM CONTEXTO EMPRESA.

PARA SOLICITAR ORÇAMENTO, POR FAVOR CONTÁCTE-NOS.

Outras Informações

 

Identificar a principal regulamentação aplicada na condução de transportes rodoviários.

Enunciar os tempos máximos de condução.

Descrever o regime de pausas e os períodos de descanso.

Identificar os veículos sujeitos à instalação de tacógrafo e sua correta utilização.

MÓDULO I – REGULAMENTAÇÃO E TEMPOS DE CONDUÇÃO

Regulamentação nos transportes

Âmbito geográfico de aplicação

Transportes abrangidos e excluídos

Responsabilidade das empresas e do motorista

Tempos de trabalho e tempos de condução; tempos máximos de condução e pausas obrigatórias

Condução contínua e pausas obrigatórias entre períodos de condução; condução diária e semanal; condução máxima em duas semanas consecutivas

Tempos mínimos de repouso; repouso diário e semanal

Exceção ao cumprimento das regras

MÓDULO II – UTILIZAÇÃO CORRETA DO TACÓGRAFO E SANÇÕES

Utilização do tacógrafo; a coexistência de dois tipos de tacógrafos

Instrumentos de registo do tacógrafo analógico – a folha de registo, e digital – os cartões tacográfico

Cartão de condutor

Situações de ausência de registo

A utilização do tacógrafo – regras gerais (empresa e motorista)

Registo obrigatório das atividades desempenhadas pelo condutor

Elementos de apresentação obrigatória aquando da fiscalização em estrada

Tacógrafos analógicos e digitais: regras de utilização e principal simbologia

Leitura dos tacógrafos analógico e digital

Quadro sancionatório

Enquadramento legal; regime da Lei n.º 27/2010, de 30 de agosto; regime do Decreto-Lei n.º 169/2009, de 31 de julho 55; outra legislação.

MÓDULO III – PRÁTICA 

Dar início a uma viagem após introdução do cartão do motorista

Pausa/repouso, condução e outras atividades

Como fechar o dia de trabalho; como iniciar ou reiniciar um novo dia de trabalho

Como trocar o papel da impressora; quais os tipos de impressão e interpretação.

A metodologia da formação é predominantemente participativa e assenta na análise de situações concretas, assim como na troca de experiências entre participantes e formador. Os métodos a utilizar serão o expositivo, demonstrativo e o participativo/ativo.
Após o processo de avaliação dos participantes e uma vez concluída a formação com aproveitamento, será emitido Certificado de Formação Profissional através da plataforma SIGO – Sistema de Informação e Gestão da Oferta Formativa, de acordo com a Portaria n.º 474/2010 de 8 de Julho.

Esta certificação será igualmente registada no Passaporte Qualifica do/a formando/a.

 

Relativamente à validade do Certificado fora de Portugal, todos os países da UE cumprem a Diretiva Equipamentos de Trabalho (2009/104/CE de 16 de Setembro) relativa às prescrições mínimas de segurança e de saúde para a utilização, pelos trabalhadores, de equipamentos de trabalho. No entanto, cada país é livre de “acrescentar” as suas regras, como também muitas empresas possuem regras internas mais exigentes ou pormenorizadas.

 

Assim, não existe a garantia de nenhum certificado ser válido em toda a Europa, como também nenhum certificado Europeu é garantidamente válido em Portugal mas, sendo este curso Certificado em Portugal pela Entidade que regula a Formação, DGERT – Direção Geral do Emprego e das Relações do Trabalho e com os Certificados dos participantes a serem emitidos através da plataforma SIGO – Sistema de Informação e Gestão da Oferta Formativa, de acordo com a Portaria n.º 474/2010 de 8 de Julho e registada na Caderneta de Competências do formando, esta é a Certificação que poderá obter em Portugal.