SST – Trabalhador Designado | Representante do Empregador


PRÓXIMA EDICÃO janeiro 2020 | Famalicão

Inscrição
Formalização da Inscrição: 

– Ficha de inscrição;
– Curriculum vitae atualizado;
– Fotocópia do certificado de habilitações;
– Fotocópia do bilhete de identidade e número de contribuinte ou cartão de cidadão;
– Pagamento do curso (a inscrição apenas é considerada após o respetivo pagamento e são consideradas por ordem de chegada);

Devoluções: 

Comunicação feita com 5 ou mais dias úteis de antecedência em relação à data de início do curso, devolução integral do valor pago. Em caso de desistência após o prazo mencionado, ou durante a ação, não será devolvida qualquer quantia liquidada.

Inscrever-me

Descrição

FORMAÇÃO OBRIGATÓRIA

para responder à necessidade de cumprimento da Lei nº 102/2009, de 10 de Setembro (alterada pela Lei nº 3/20014, de 28 de Janeiro), que define o Regime Jurídico da Promoção da Segurança e Saúde no Trabalho:

  •  Artigo 5.º | No nº 1 desse artigo é referido que “O trabalhador tem direito à prestação de trabalho em condições que respeitem a sua segurança e a sua saúde, asseguradas pelo empregador ou, nas situações identificadas na Lei, pela pessoa, individual ou coletiva, que detenha a gestão das instalações em que a atividade é desenvolvida”.
  • Artigo 81.º | O nº 1 estabelece que “Na empresa, estabelecimento ou conjunto de estabelecimentos distanciados até 50 km do de maior dimensão que empregue no máximo nove trabalhadores e cuja atividade não seja de risco elevado as atividades de segurança no trabalho podem ser exercidas diretamente pelo próprio empregador se possuir formação adequada e permanecer habitualmente nos estabelecimentos”; no nº 2, fica estabelecido que “Nas situações referidas no número anterior, o empregador pode designar um ou mais trabalhadores para se ocuparem de todas ou algumas das atividades de segurança no trabalho desde que possuam formação adequada e disponham do tempo e dos meios necessários”.
  • Artigo 77.º | No nº 1 é referido: “Se a empresa ou estabelecimento adotar serviço comum ou serviço externo, o empregador deve designar em cada estabelecimento ou conjunto de estabelecimentos distanciados até 50 km daquele que ocupa maior número de trabalhadores e com limite total de 400 trabalhadores um trabalhador com formação adequada, nos termos do disposto no número seguinte, que o represente para acompanhar e coadjuvar a execução das atividades de prevenção”.

 

formação dirigida a

Trabalhadores que desempenhem, ou queiram vir a desempenhar, funções de segurança no trabalho de nível básico ou queiram representar o empregador para acompanhar e coadjuvar a execução das atividades de prevenção.

Todos os interessados em adquirir conhecimentos e competências na área da segurança e higiene no trabalho.

 

Condições

Local: Famalicão
Horário: Pós-laboral
Preço: 180,00€. Inclui toda a documentação de apoio ao curso e certificado.
Descontos: Organizações/grupos com mais de 3 inscrições | 3%
Ex-formandos que tenham frequentado um curso da in formação | 3%
Ex-formandos que tenham frequentado dois cursos da in formação | 5%
Participantes: mínimo 9

Outras Informações

 

Esta acção de formação tem como objectivos:

Dotar os destinatários de competências essenciais no âmbito da segurança, saúde e higiene no trabalho, que permitam desempenhar as funções de segurança no trabalho de nível básico e representar o empregador para acompanhar e coadjuvar a execução das atividades de prevenção.

Proporcionar um modelo conceptual e legislativo básico, que vise a prevenção de riscos profissionais;

Possibilitar a compreensão das relações estabelecidas num sistema de trabalho, entre as condições técnicas, organizacionais, ambientais, sociais e humanas que condicionam a atividade;

Dar a conhecer os efeitos sobre os trabalhadores e sobre os sistemas de trabalho, que advêm da negligência na aplicação de uma política e metodologia contínua de análise, avaliação e controlo de riscos;

Abordar um conjunto de conteúdos e métodos que permitam avaliar e, posteriormente, eliminar/controlar esses efeitos;

Consciencializar para a necessidade social e humana, e para as vantagens económicas, de uma abordagem global e sistémica de prevenção de riscos e melhoria das condições de trabalho.

Módulo 1: Conceitos Básicos de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho

Introdução à prevenção de riscos profissionais; quadro normativo básico em matéria de prevenção de riscos profissionais.

 

Módulo 2: Riscos Gerais e a sua Prevenção

Riscos relacionados com as condições de segurança; riscos relacionados com o meio ambiente de trabalho; carga de trabalho, fadiga e insatisfação laboral; sistemas elementares de controlo de riscos, proteção coletiva e individual; noções básicas de atuação em emergências e evacuação; primeiros socorros; controlo de saúde dos trabalhadores.

 

Módulo 3: Elementos Básicos de Gestão da Prevenção de Riscos

Organização da prevenção na empresa; organismos públicos relacionados com a segurança, higiene e saúde.

 

Módulo 4: Riscos Específicos e a sua Prevenção / Métodos de Avaliação

Avaliação e controlo de riscos específicos; métodos de avaliação de risco de lesões músculo-esqueléticas relacionadas com o trabalho (LMERT’s); método de avaliação de risco de acidentes de trabalho (MARAT); método de análise da carga mental: NASA – TLX.

Ativas, com recurso a autodiagnósticos, exercícios práticos e roleplays, com fedback estruturado, para experimentar novos comportamentos e facilitar a transferência para a sua integração no quotidiano futuro.
Após o processo de avaliação dos participantes e uma vez concluída a formação com aproveitamento, será emitido Certificado de Formação Profissional através da plataforma SIGO – Sistema de Informação e Gestão da Oferta Formativa, de acordo com a Portaria n.º 474/2010 de 8 de Julho.

Esta certificação será igualmente registada no Passaporte Qualifica do/a formando/a.