Segurança de Trabalhos em Espaços Confinados


PRÓXIMA EDICÃO a definir

Inscrição

CURSO DESENVOLVIDO EXCLUSIVAMENTE EM CONTEXTO EMPRESA.

PARA SOLICITAR ORÇAMENTO, POR FAVOR CONTÁCTE-NOS.

Inscrever-me

Descrição

Os espaços confinados são definidos como áreas que não possuem ventilação natural favorável, que não foram concebidos para acolherem trabalhos contínuos e com acesso limitado, que requerem a utilização de escadotes, andaimes ou outros aparelhos. Estes espaços são também propícios a acumulação de contaminantes tóxicos ou inflamáveis ou de ter uma atmosfera deficiente em oxigénio, não possuindo condições para uma ocupação prolongada de trabalhadores.
Incluem-se nesta categoria, designadamente, reactores, galerias subterrâneas, fossas, túneis, chaminés, caldeiras, silos, tanques, porões e cisternas. É também considerado espaço confinado um espaço aberto onde possam acumular-se gases mais pesados que o ar, como por exemplo um poço.

formação dirigida a

Todas as pessoas cuja função implica o exercício de funções em espaços confinados, mesmo de forma pontual dentro da empresa.

Condições

CURSO DESENVOLVIDO EXCLUSIVAMENTE EM CONTEXTO EMPRESA.

PARA SOLICITAR ORÇAMENTO, POR FAVOR CONTÁCTE-NOS.

Outras Informações

 

No final do curso, os formandos deverão ser capazes de:

Desempenhar as suas tarefas em espaços confinados com segurança, reconhecendo os perigos inerentes à atividade e riscos associados.

1.Caracterização de espaço confinado

2.Riscos inerentes aos trabalhos em espaços confinados

3.Caracterização de atmosferas: Atmosfera com insuficiência de oxigénio; Atmosfera inflamável/explosiva; Atmosfera tóxica

4.Sintomas associados à exposição a atmosferas perigosas

5.Controlo do ambiente e equipamentos de medição

6.Isolamento do espaço confinado

7.Autorizações de trabalho

8.Sinalização e EPI´s

9.Vigilância e supervisão de trabalhos

10.Medidas de prevenção e proteção durante a realização de trabalhos em espaços confinados

11.Meios e procedimentos de resgate e salvamento

12.Atuação em caso de emergência

A metodologia do curso abrange métodos e técnicas diversificadas e adequados às caraterísticas do respetivo público-alvo, privilegiando em especial os métodos ativos, no sentido de facilitar a apropriação de saberes pelo formando/a, através do seu desenvolvimento sociocognitivo, da reflexão, da descoberta e resolução de situações-problema. Será realizado um pequeno trabalho prático e apresentação do mesmo. Aprende-se a fazer fazendo, daí a nossa aposta na formação presencial!
Após o processo de avaliação dos participantes e uma vez concluída a formação com aproveitamento, será emitido Certificado de Formação Profissional através da plataforma SIGO – Sistema de Informação e Gestão da Oferta Formativa, de acordo com a Portaria n.º 474/2010 de 8 de Julho.

Esta certificação será igualmente registada no Passaporte Qualifica do/a formando/a.

 

Relativamente à validade do Certificado fora de Portugal, todos os países da UE cumprem a Diretiva Equipamentos de Trabalho (2009/104/CE de 16 de Setembro) relativa às prescrições mínimas de segurança e de saúde para a utilização, pelos trabalhadores, de equipamentos de trabalho. No entanto, cada país é livre de “acrescentar” as suas regras, como também muitas empresas possuem regras internas mais exigentes ou pormenorizadas.

 

Assim, não existe a garantia de nenhum certificado ser válido em toda a Europa, como também nenhum certificado Europeu é garantidamente válido em Portugal mas, sendo este curso Certificado em Portugal pela Entidade que regula a Formação, DGERT – Direção Geral do Emprego e das Relações do Trabalho e com os Certificados dos participantes a serem emitidos através da plataforma SIGO – Sistema de Informação e Gestão da Oferta Formativa, de acordo com a Portaria n.º 474/2010 de 8 de Julho e registada na Caderneta de Competências do formando, esta é a Certificação que poderá obter em Portugal.