A formação profissional, para além de um investimento crítico para o desenvolvimento e qualificação do capital humano, é OBRIGATÓRIA NAS EMPRESAS.

Ao abrigo do Código do Trabalho, Lei n.º 7/2009 de 12 de Fevereiro, artigos 130 a 134, cada trabalhador tem direito a um mínimo de 35 horas de formação por ano, promovidas e da responsabilidade da entidade patronal, que as declaram, obrigatoriamente, no Relatório Único.

Para além desta formação, há outras obrigatórias por lei, como por exemplo a definida pelo Decreto-lei 50/2005 de 25 de fevreiro, artigo 31, que obriga a que todos os trabalhadores que operem com equipamentos automotores (ex: empilhadores, gruas, pórticos, pontes rolantes, etc) tenham de receber formação certificada. Também a formação para quem trabalha em altura, ou a de tacógarfos, entre outras, são obrigatórias.

A in formação apoia a sua empresa no cumprimento destas obrigatoriedades legais, implementando uma intervenção desenhada à sua medida:

A formação decorre nas instalações da empresa cliente, não havendo assim deslocações dos participantes.

A formação é concebida de acordo com as reais necessidades da empresa e das características dos formandos, totalmente orientada para as competência a adquirir e ministrada por formados habilitados.

Entrega à empresa cliente do DTP – Dossier Técnico Pedagógico de cada curso/ação desenvolvido, para evidência da formação realizada.

Certificados emitidos pela plataforma SIGO de acordo com a legislação e entregues aos participantes e empresa.

 

Contacte-nos